29/10/2009

QUER APRENDER A AMOLAR FACAS COM O JUN SAKAMOTO?

Ai gente, vai chegando essa época do ano e vai me dando um desespero. Explico: o marido é técnico de som. Ele não trabalha fixo em nenhuma empresa logo, há muitas atras dele. E essa época e a que mais acontecem shows, eventos, festas de confraternização de final de ano de empresas, fora os shows de música e aí é que se dá meu sofrer, o marido não para em casa nessa época. Ele mal chega e já está saindo de novo. Claro, por um lado é maravilhoso, entra uma grana boa, mas por outro, a saudade fica apertada que só. Ele praticamente vem em casa pra comer, tomar banho e as vezes, dormir. Coitado, fica um caco, e o bonito é daqueles que não fala não pra ninguem. imenda show atrás de show pra não deixar ninguem na mão, e esqueçe de cuidar dele mesmo!! É froids! Sei que é a profissão dele, até que é legal, quando dá vou nos shows, nas peças de teatro, mas as vezes da uma vontadinha daquele servicinho de segunda a sexta, das 08 às 18, só pra ter ele em casa de final de semana. Mas vualá, tenho é que agradecer pelo trabalho dele. Bones do ofício!!

Voltando a gastronomia, hoje aqui vai acontecer mais um post sobre técnicas de cozinha. Sei que mulherada que frequenta o Cerejinha arrebenta, mas se há pessoas como eu, que adora aprender sempre coisas novas, vai adorar essas dicas. Não é demais saber mais e as vezes posso estar ajudando alguém. Logo após, a receitinha básica do dia.


AULA BÁSICA DE COZINHA

HOJE: MISE AN PLACE E FACAS


MISE AN PLACE

Toda pessoa que cozinha ou está entrando agora no universo da gastronomia deve saber o que significa MISE AN PLACE, seja para fritar um ovo ou fazer um banquete para mil pessoas.
MISE AN PLACE é um termo francês que ao pé da letra significa “colocar no lugar”, que empregado na cozinha quer dizer deixar em ordem todos os utensílios e ingredientes do que se vai preparar para que se obtenha um ótimo desempenho. Preparando o mise an place, evita-se de não ter certo ingrediente e ter que parar uma receita ao meio e sair correndo ao mercadinho mais próximo, ou seja, o mise an place é o pré-preparo de uma receita. Sempre que for fazr algo, separe, pese, messa, divida, tudo o que irá usar antes. Você vai ver o quanto isso facilita sua vida e descansa sua beleza. No more stress!


FACAS




O principal utensílio de um cozinheiro é a faca. Elemento essencial em uma cozinha pode até substituir outros utensílios caso estes faltem, como um ralador ou um descascador.
Uma boa faca proporciona facilidade de corte, maior precisão, menor esforço, maior durabilidade, facilidade de limpeza, manutenção e reafiação. O cozinheiro deve zelar pela vida de sua faca. Não emrpeste, não divida, não à subestime. Ela um dia será sua salvação na hora de um sufoco, vai por mim!!
Existem diversos tipos de facas e cada uma tem seu uso próprio, desempenhando cada certa função. As principais são:

Faca de chef: Lâmina de 20 a 35 cm para uso geral.

Faca de legumes: Lâmina de 5 a 10 cm usada para pequenos cortes, frutas e vegetais.

Faca de desossa: Lâmina de 15 cm usada para separar carne do osso.

Faca de filetar: Lâmina flexível e fina de diversos tamanhos usada para filetar




Faca serrilhada: Excelente para bolos, pães, tomate, etc.





Além das facas principais, temos também a Pedra para fazer o fio da faca e a chaira (fusil) para manter o fio feito pela pedra.




CONSERVAÇÃO E USO

· Lave sempre as facas após o uso, utilizando sabão neutro, água e uma esponja ou pano macios.
· Não deixe resíduos de alimentos sobre as facas por longos períodos de tempo.
· Após lavar seque imediatamente.
· Nunca use produtos abrasivos sobre as lâminas tais como palha de aço e sapólios em forma de pó.
· Mantenha a afiação sempre em dia.
· As boas facas de cozinha são desenvolvidas para o corte de alimentos. Não usá-las para nenhum outro tipo de corte principalmente os de grande impacto e flexão, pois poderá ocasionar a quebra da lâmina

Algumas dicas:


- Existem milhares de modelos, marcas e estilos de facas, escolha a que melhor se adapte a sua mão.

– Faca é um objeto de uso pessoal, não se empresta.

– Ter cuidado com as próprias facas e fundamental.

– A melhor faca é a faca bem afiada.

Você sabe amolar faca? Então se prepare, você vai aprender agora com um dos melhores chefs do Brasil. Jun Sakamoto ensina amolar perfeitamente facas, com dicas preciosas. Ele amola as japonesas, mas a técnica é a mesma pra todas as outras.




E para testar suas facas mega amoladas, uma bela salada onde muitos cortes serão necessários. Essa salada fiz apenas uma vez aqui, também porque não nada em conta, requer alguns sifrões a mais no bolso, no final do ano passado, porque amei comer na escola, só não usei a centolla porque não achei, mas você pode usar camarões no lugar. É divinal, refrescante e sofisticada. Faça uma poupancinha até o final do ano, e emocione sua família!!

SALADA DE LAGOSTA E CENTOLLA AO PERFUME DE ACETTO TRUFADO

Chef Clô Dimet

Ingredientes: 600g de carne de centolla limpa (ou camarão vg), 1,5k de lagosta sem casca, 01 pimenta dedo de moça picadinha, 1 colher de gengibre picado, 02 tomates sem pele e sem sementes cortados em cubinho, 1 litro de azeite de oliva, sal e pimenta do reino moida na hora, 12 aspargos fatiados, 12 cogumelos portobelo, 06 colheres de sopa de azeite trufado, 06 colheres de sopa de molho de soja, 06 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem


Faz Assim: Fatie os cogumelos, coloque numa panela e os cubra com o azeite de oliva. Tempere com sal e pimenta e cozinhe por + ou - 20 minutos em fogo médio. Retire do fogo e reserve. Numa tigela coloque o tomate, o gengibre, acrescente os cogumelos (sem o azeite, claro) a centolla (ou os camarões inteiros e cozidos), e a lagosta. Tempere com sal e pimenta. Coloque a mistura na travessa de servir ou em pratos individuais. Coloque os aspargos enfeitando a travessa. Faça uma misturinha com o aceto trufado,o molho de soja e o azeite extra virgem e regue sobre tudo. Você pode enfeitar com ervas frescas a seu gosto. Sirva fresca, é divinal!!


16 comentários:

Marly disse...

Carol,
Veja você como é que é a vida: esta semana ouvi (duas vezes!), reclamações de uma mulher que acha que o marido fica em casa demais e no trabalho ($$) de menos (rs). Facas são realmente imprescindíveis numa cozinha!E os amoladores também, certamente! Eu tenho várias! Mas já ouvi um grande chefe falar que três boas facas são suficientes (cada uma para o seu fim, claro!)
E a salada é um luxo. O fim de ano taí e essa é uma boa sugestão de prato frio, né?
Beijinho

Friends Forever disse...

Oi Carol, tudo bom?
Gostei demais do seu blog!Muito bem feito e muito capricho!Vou adicionar no favoritos.
Bjs, Rozani

Tatiana disse...

Menina, meu marido ficou 10 anos trabalhando em Sampa (e morando em Sorocaba)! Saía as 5 da manhã e chegava 21:00h tadinho! Hohe graças a Deus a empresa montou uma base aqui em Sorocaba!

Quanto à facas, tenho várias e amolo todas na pedra da pia kkkkkk...p/ mim é o que mais funciona!

Amei a receita! Luxo!!

Bjs

Silvana Nunes .'. disse...

Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até aqui. Muito bom o seu espaço, gostei bastante. Certamente voltarei mais vezes. Aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Se você gosta de histórias, garanto que vai gostar.
Saudações Florestais !

historias na cozinha disse...

Oi querida vim te trazer uma beijoca, adorei a receita para o fim de ano....Celia.

Iliane disse...

Carol querida..eu entenndo o que você diz de seu marido não ter horarios e trabalhar em fins de semana!!é ruim né?mas.. fazer o que?quanto as facas eu amei o show de explicações..bom demais!!mas.. amei muito foi a salda..com êsse verão que vem.. é tudo de bom..bjus linda e otimo feriado..li

"Manjares da Manu" disse...

Obrigado pelas dicas, muito úteis!!!
E que chique esta receita!!!D+++++

Bjs... Bom final de semana!!!

Mari disse...

Carolzinha, que receita mais chique!! Literalmente arrebentou, você está arrasando!!
Adorei a dica das facas... sempre é bom demais aprender algo novo!
Super bjo.

Mari

ameixa seca disse...

Se eu tivesse facas assim em casa, já teria perdido os dedos todos he he
Lagosta e camarão numa salada é um luxo pra mim... quem me dera :) Bom aspecto!

Eliene Vila Nova disse...

Oi amiga
obrigada pela força, seman aque vem vou na cidade vizinha procurar uma costureira, se Deus quiser vai dar tudo certo.
e amiga você que é especialíssima em forno e fogão m ediz uma coisa: ens alguma receita especial de medalhões de filé?
é que o povo daqui que medalhão e estou procurando um molho mais leve, menos amadeirado.
agradeço a ajudinha
um final de seman abençoado
bejos

Rebeca Ukstin disse...

sou solteira,amém!haha
querida espero sua visita no meu Tempero...

adorei seu blog!
Rebeca

Gina disse...

Carol, já trabalhei com doces e salgados, todos os dias. Mas os finais de semana eram os mais movimentados, naturalmente. Isso sem contar que tinha minha atividade fixa de segunda a sexta.
Era uma loucura e ainda bem que foi só 1 ano e meio, mais ou menos. Mudei de cidade e minha "sócia" ficou sozinha até onde conseguiu. A família sente, né?
Então, pense pelo lado positivo sempre. Há tempos de "vacas magras", mas um convívio mais próximo e outros que compensam os primeiros pelo lado do equilíbrio financeiro.
Tudo na vida é pra refletir... e esse meu comentário já está longo demais... rsrs!
Bjs.

Mary disse...

Carol, adorava petiscar nessa salada para testar o sabor...nunca provei centolla, e assim temperada deve ser um must! :)

Fla disse...

Carol, eu mal vejo meu marido também, ele estuda de manhã e trabalha a tarde e a noite, a gente só se vê na hora de dormir, é ruim isso.

Olha, afiar faca é uma tarefa para ele, porque eu morro de medo de estragar a coitadinha...hehehe. Mas adorei o post.
Beijos

Oba Gastronomia disse...

Lindo Post, Cerejinha! Muito bacana,mesmo! Muito ilustrativo!
Parabéns e um Beijo!
Orlando Baumel

inspirações da Jô disse...

Adorei a aula para aprender a amolar as facas corretamente teacher!!!!!!!!!!
E a saladinha, parece muito gostosa!!!!!!!!!!!!
Beijos!!!!!!!!!!!