08/11/2008

Tartare de Abóbora, o biscoito não-dado e a nova cunhadinha!!!


Não sei se vocês se lembram mas eu agora faço parte de um blog mais que especial, o Ragazze Brasiliane Nella Cucina Italiana, que traz receitas, matérias e desfaios pra lá de especiais, estes últimos mega patrocinados pela Cêpera, empresa líder em molhos e afins das massas. Não deixem de passar por e dar uma conferida nas novidades que rolam todos os dias. No momento estamos com o Sfida Della Nostra Cucina - La Pizza, um mega desafio de pizzas que os amantes dessas redondas deliciosas não podem deixar de participar.

Agora, mudando de assunto para uma coisa meia chata, na quinta passada morreu o tio-padrinho do meu marido lá em Atibaia,onde mora toda a família do meu esposo. Foi super chato e fomos para lá dar uma força. E é engraçado como no meio de uma fatalidade da vida, nasce uma esperança, ou melhor, uma vida!! Conheçemos uma criança da família que nem sabíamos da existência. Meu marido tem uma irmãzinha de 1 aninho!!! A coisa mais linda que não nega que é da família. Meu sogro é um doce de pessoa mas muito desajuizado. Sempre tem que ter um que faz uma baguncinha na vida da família e esse alguem no caso, é o sogrão. Quase não vemos ele nem ninguem da família do Pequeno (meu marido pra quem não conhece) mas quando nos vemos, ele é uma simpatia só. Mas tem essas coisa feia que é rabo de saia sempre atras. E desses casos mal resolvidos, nasceu a Duda, minha cunhadinha, tia do Pedro (mais nova que ele) e irmãzinha do meu marido. Ele nega que seja dele mas nem precisa!!Imagine, ele ficou alucinado atras da menina e no meio daquela tristesa, nos divertimos muito com ela. Criança é um presente de Deus que chega sempre nas horas ruins pra animar tudo!! Sò sei que gostamos muito de conhecer a lindinha!!! Veja só que coisa mais meiga. Oque vocês acham?? Parece meu maridoco???
Esses meus últimos dias estão um pouco agitados. Não estou tendo tempo nem de cozinhar. Ontem que consegui fazer um biscoitinho amanteigado de manhã pois ia num encontro com as blogueiras Neyma (vó mindoca), Mari (Mari's Kitchen) e Nana (manga com pimenta) e fiz os biscoitinhos pra levar de mimos para as meninas. Mas atrasei no pediatra do meu filho, passou demais da hora do encontro e pra piorar caiu um mundo de água. E os biscoitos ficaram!!! Fiquei tão triste. Vou postar as fotos pra vocês mas a receita nem vou escrever pois foi a mesma que a Nana do manga postou, então, se quiserem, peguem aqui.

Os mimos que não foram dados!!!


B
om, pra não ficar sem receitinhas hoje, vou postar a receita do Tartare de abóbora da Roberta Sudbrack que foto no último post. É delicioso!!

TARTARE DE ABÓBORA - Roberta Sudbrack

Rendimento: 8 pessoas

Ingredientes: 200g de abóbora madura, 1/2 cebola em fatias finas, 2 colheres de sopa de passas pretas sem caroço, 1 colher de sopa de gengibre fresco ralado, 1 colher de sopa em gengibre em conserva, 1/2 xícara de vinagre de arroz, 1 colher de sopa de açúcar mascavo, azeite de oliva extra-virgem, sementes de abóbora sem casca, pimenta do reino moída na hora, sal.

Faz Assim: Corte as abóboras e as passas em pequenos cubos. Em uma panela, adicione o vinagre de arroz e o açúcar mascavo e ferva por um minuto. Acrescente a abóbora e cozinhe por uns 7 segundos e ja despeja tudo numa tigela e reserva. Na mesma panela, sue a cebola no azeite e jogue-a sobre a abóbora na tigelinha. Acrescente as passas, o gengibre e misture. Acerte o azeite, a pimenta e o sal. Guardar em geladeira por 3 dias. O ponto ideal de servir será no 3° dia. Na hora de sevir, torre na frigideira algumas sementes de abóbora (tem que ser de abóbora) e jogue por cima do tartare. Ela bem geladinha com a sementinha crocante e quentinha é uma delícia.!!!

9 comentários:

Andrea Dohashi disse...

Super parecida com seu marido! Não tem como negar que a pequena faz parte da família, rs!
Que pena que choveu, a Neyma ia adorar receber todo esse mimo!
E a tarte, sem comentários...
Beijocas

ameixa seca disse...

Aiii os homens he he!
Estou pensando que pizza vou fazer :) E isso lembra-me que ainda não mudei o nome do vosso blog... continua Quatro ragazze mas eu sei que tu estás lá ;)
Bom Domingo

Mari Azevedo disse...

Carolzinha, que pena não ter sido dessa vez que nos conhecemos, nao é? Mas com certeza nao faltará oportunidade!!
Quanto a essa coisinha linda... não tem como negar que é da família, ela é a cara do teu marido.... rsrsrs
Beijo grande minha flor.

Téia disse...

Carol cerejinha querida, ameeeeeiii seu blog, sempre te via nos comentários dos outros blogs, só que com a falta de tempo nunca tinha vindo aqui. Estava perdendo um tempo danado, né? Ó, fiquei aqui uns 15 m, e vi várias delícias maravilhosas, uma forma de escrever muito informal, do jeito que eu gosto, vários chefes que adoro. Seu blog é tooodo! Já virei sua seguidora, já vou te incluir lá no Banquetes, e claro, estarei sempre por aqui. Muito obrigada pela visita. Ah, este post está ótimo, a fofinha realmente parece demais com o maridão, o sogrão não é fácil, mas uma criança a mais na família só pode ser considerado uma benção.Eu vi você comendo o tartare com uma cara tão boa no post passado que vou ter que experimentar. Bj lindonha.

Ana Powell disse...

Olá Carol
Os meus pesames pela morte do tio-padrinho do teu marido.
Agora, desejo muitas felicidades á Duda, que é bem querida.
Beijocas para todos

historias na cozinha disse...

Uma passadinha para te desejar um lindo domingo, beijocas, Célia.

disse...

Olá Carol! Tá tudo muito gostoso por aqui. Nas questões de família, não vou meter a colher, rsrsrs. Bjs e ótima semana.

Nani disse...

A menina é um mimo, os pêsames á família, boa semana, bjs

Bárbara disse...

Passei pra dar um OI pra vc!!!
boa semana!!!
bjks