12/07/2009

CUPCAKE FORMIGUEIRO E COMO SE PENDURA UM QUADRO NA PAREDE


DECORAÇÃO E CULTURA NO CEREJINHA
Museu do Louvre

Eu não sou uma grande apreciadora de obras de arte, não visito museus e se você me perguntar nome de algum artísta plástico ou afins, sinceramente, vou ficar no vácuo. Claro, Michelangelo, Leonardo Da vinci, Tarcila do Amaral, esses até me arrisco em conhecer alguns quadros mas é só. Apesar disso um lugar que está na minha lista de locais a serem visitados quando ganhar na mega sena ou virar madame é o Museu do Louvre. Já tinha lido sobre o lugar algumas vezes mas depois que vi imagens do próprio quando vi o Código Da Vinci, fiquei encantada, aquilo deve ser uma maravilha, morro de vontade de conhecer. Quem tiver um tempinho, acesse o site e bisbilhotem algumas imagens, é sensacional!! Acho bem legal uma casa bacana, cheia de quadros nas paredes, mas creio também que é necessário certa aptidão para saber qual quadro usar em determinado local. Já vi muitas casa lindas mas com quadros nada a ver na parede que acabou "acabando" literalmente com o viusal da residência. Selecionei uma mátéria um pouco grande mas bem legal que fala tudo sobre quadros. Para quem está de mudança ou apenas modificando algumas coisas, esse texto pode ser uma mão na roda!! Leiam e aproveitem!!


Como pendurar os quadros na parede?

Se a obra de arte for importante, de um artista renomado, a dica da designer de interiores Lia Strauss é pensar na disposição dos móveis do ambiente em função do destaque que você pretende dar ao quadro. “Na sala de estar, escolha a parede de maior visibilidade, aquela para a qual o olhar se volta naturalmente”, diz. Para não haver erro na hora de perfurar a parede, o decorador Fernando Piva aconselha: planeje a composição primeiro. “Um bom truque é recortar papel kraft no mesmo tamanho das molduras e colar as folhas com fita adesiva na parede para simular o arranjo. Assim é possível ter uma ideia real de como os quadros ficarão organizados”, explica. Outra forma de testar a composição é espalhar as obras no chão em frente à parede e ensaiar a arrumação.

Na parede atrás do sofá

Segundo Fernando Piva, o jeito clássico de pendurar o quadro é centralizá-lo em relação à largura do sofá. Centralize-o também na altura, dividindo ao meio o espaço entre o topo do estofado e o teto. “Assim temos a simetria total”, diz. É o que se vê no ambiente abaixo, à esquerda. Quem preferir uma disposição mais moderna poderá deslocar a tela na parede. “Nesse caso, fixe o quadro a 5 cm da lateral do sofá”, afirma Piva. A decoradora Ana Maria Índio da Costa lembra que é fundamental considerar a proporção da obra em relação ao estofado. Se você tem quadros pequenos demais, uma solução é associá-los num arranjo que preencha bem a parede , posicionado a pelo menos 25 cm de distância do topo do móvel


Em uma parede livre

Sem móveis recostados ou outras interferências, uma parede livre é um ótimo local para brincar com vários quadros, sendo que alguns deles podem ser fixados numa altura próxima ao piso. A sugestão da designer de interiores Lia Strauss é buscar algum elemento para criar um alinhamento. No caso do ambiente acima, foi o batente da porta. “Também gosto de deixar espaços em branco para a chegada de novas obras”, diz.


Hall de entrada e corredor

Um quadro bem colocado na entrada de casa tem o poder de causar uma boa primeira impressão nos visitantes. “Gosto de apostar numa tela grande porque aí não é preciso mais nada para vestir a parede”, acredita a arquiteta Tania Eustaquio. Ela lembra que o ideal é escolher um trabalho que conte um pouco da história dos moradores. Fixe a obra centralizada e alinhada com o batente superior da porta. Se preferir uma composição de vários quadros, um arranjo que sempre funciona é pendurá-los em sequência na horizontal, alinhados pelo alto da moldura e bem juntinhos, deixando de 8 a 10 cm entre eles. A altura deve ser a do olhar de uma pessoa média. Esse tipo de composição também fica muito bem em corredores, ambiente no qual pode-se ainda aplicar as mesmas regras usadas em paredes livres, descritas no item acima.

Acima do aparador

A disposição clássica é pendurar um quadro sobre o móvel, centralizado tanto na largura como na altura. Outra opção é uma mistura de obras maiores e menores, distribuídas dentro da área delimitada pela largura do aparador. “Procure fixar primeiro o quadro maior, alinhando-o com uma das laterais do móvel. Em seguida, monte o outro lado da parede, brincando com os quadros menores até descobrir a melhor arrumação. Novamente, o alinhamento com a lateral precisa existir”, ensina o arquiteto Antonio Ferreira Jr., autor do ambiente abaixo. Ele dá mais uma dica: o arranjo precisa ficar pelo menos 20 cm acima do tampo do aparador, pois assim não atrapalhará a colocação de objetos sobre a peça.


Na sala de jantar

Se houver um aparador no ambiente, basta seguir as indicações acima. Porém, caso a parede destinada a receber os quadros não tenha mobília recostada, é importante pendurá-los um pouco mais alto do que o habitual porque a sala de jantar é uma área em que as pessoas circulam com as mãos ocupadas com alimentos, louças e copos e um esbarrão numa moldura pode causar um acidente. “Em espaços exíguos, nos quais as paredes ficam muito próximas aos móveis, recomenda-se fixar os quadros 10 cm acima do espaldar das cadeiras”, diz Lia Strauss. Isso permite afastar as cadeiras sem que elas batam nas molduras. Segundo a profissional, para otimizar a circulação no ambiente, o ideal é ter uma mesa centralizada e um quadro idem na parede principal da sala de jantar.

Quarto de casal

Trabalhar com um par de quadros, alinhado com as laterais do colchão, é a sugestão da arquiteta Patrícia Martinez para quartos de casal. No ambiente da foto, as obras ficam apenas apoiadas na cabeceira – na verdade, uma caixa de 20 cm de profundidade, que serve de prateleira. “Quando as obras não estão presas, é mais fácil mudá-las de lugar, dando um novo charme ao ambiente”, afirma. Esta proposta é uma variação do jeito mais usual de pendurar quadros em quartos: uma obra centralizada na parede atrás da cama. A arquiteta Tania Eustaquio, por sua vez, defende que esse espaço deve permanecer livre para que as obras não disputem a atenção com a cabeceira, que, segundo ela, é um item de decoração que está cada vez mais valorizado. “As novas cabeceiras são muito bonitas. Por isso, é melhor eleger uma parede vazia para colocar os quadros”, aconselha. “Até porque, assim, o casal que está deitado na cama poderá apreciar melhor as obras.”

Fonte: http://casa.abril.com.br

Créditos para o Duble do Santa Ceia: http://media.photobucket.com/image/Santa%20Ceia/franciscobio/Santa_Ceia.jpg



Alguns dos quadros mais famosos do mundo...

Monalisa - Leonardo DaVinci (italiano)
Abaporu - Tarsila do Amaral (brasileira)
O Grito - Edvard Munch (norueguês)
Persistence of Memory - Salvador Dalí (espanhol)
Autoretrato - Vincent Van Gogh (holandes)

Composição VIII - Kandisnky (russo)

Última Ceia - DaVinci

Agora gente, quando eu vi essa foto satirizando a última ceia não aguentei, tive que colocar aqui. Como eu ainda não tirei uma foto dessas????

A última ceia em alguma casa aqui na ZL de São Paulo

GASTRONOMIA NO CEREJINHA
Mudando de assunto, eu acho cupcakes o máximo. Desde a onda dos bolinhos americanos pegou aqui muita coisa diferente começou a aparecer e eles estão cada vez mais lindos e elaborados. Gente como a Luana Davidsohn que tem um trabalho lindo com esses bolitchos fazem do prato uma arte. O mais próximo que havia chegado dos cupcakes até hoje foram as dezenas de muffins que já fiz. Mas quando vi estes no blog The Cookies Shop não resisti, copiei a receita e fui samba na cozinha hoje. A massa é simplismente excelente e com a cobertura fica o máximo. Adorei a experiência e com certeza muitos outros modelitos virão por ai!!!
CUPCAKE FORMIGUEIRO

Ingredientes: 2 xícaras de farinha, 1 colher de sopa de fermento em pó, 4 claras em neve, 4 gemas, 200g de manteiga, 2 xícaras de açúcar, 1 xícara de leite, 100g de coco ralado seco, 50g de chocolate granulado.
Cobertura: 2 xícaras de açúcar, 1 xícara de água, 3 colheres de sopa de gelatina de morango ou do sabor que desejar ( o sabor que você escolher será a cor que a cobertura ficará), 2 claras em neve, açúcer cristal para polvilhar.
Faz Assim: Pré aqueça o forno a 180°C. Peneire a farinha e o fermento em uma tigela e reserve. Em outra, bata as claras em neve e reserve. Numa outra bata a manteiga com o açúcar até formar um creme branco fofo. Junte as gemas uma a uma batendo sempre. Junte o coco ralado sem parar de bater. Junte a farinha peneirada com o fermento alternando com o leite e bata bem. Fora da batedeira junte o chocolate granulado e as claras em neve e misture delicadamente. Coloque nas forminhas para cupcakes (eu usei as de silicone pois adoro), use apenas 2/3 da forminha pois ele cresce. Asse por 20 a 25 minutos ou até enfiar um palito de dente e ele sair seco.
Cobertura: Bata as claras em neve. Numa panelinha coloque o açúcar, a água e a gelatina e leve ao fogo até ferver e dissolver bem o açúcar. Ligue a batedeira e vá acrescentando essa mistura as claras já em neve e batendo sempre até adiquirir conscistência de suspiro. Leve a geladeira para dar uma firmada, uns 30 minutos basta.
Use um saco de confeitar com o bico que preferir para confeitar o cupcake. Polvilhe açúcar cristal.
Dica: Faça a cobertura antes de tudo para que ela fique descansando na geladeira.
Dica 2: Eu queria açúcar cristal colorido e como era domingo e estava tudo fechado, eu tingi o açúcar cristal que tinha em casa. Coloque um pouco num potinho, coloque uma gota de corante alimentício e mexe bem com os dedos para tingir. Peneire num pratinho sobre um guardanapo para que fique bem sequinho e está pronto seu açúcar colorido!!

31 comentários:

thecookieshop disse...

Ficaram lindos! Adorei ver a receita por aqui, que bom que vc gostou!
Um beijo
Paula

Glau disse...

Ficaram mto lindinhos mesmo...
O trabalho da Luana é realmente mto perfeito

bjao querida e boa semana,
Glau

www.blogquitandoca.blogspot.com

A DONA DO MUNDO disse...

QUE MULHER CHIQUETOSA!!!
ALÉM DE COZINHAR BEM, DÁ ESSAS DICAS NÉ
ACREDITA QUE POR AQUI NÃO TENHO QUASE ENFEITES, AS CRIANÇAS TINHAM A MANIA DE QUEBRAR, BRINCAR, ENTÃO GUARDEI E VOU COLOCANDO AOS POUCOS

BEIJO CAROL, BOA SEMANA

Naninha disse...

Que tudo essas dicas do quadro.
E que delicia essa receita, vermelho ou derivados dele na comida não dá outra, me atrai.
Beijos

Mari disse...

Carolzinha, adorei o post, como sempre!! Como boa formiguinha que sou, a parte da gastronomia é sempre a minha predileta.. hahaha
Esses cupcakes parecem fabulosos! Ficaram lindos, e tenho certeza de que deliciosos também...
Ahhh, recebi o livro assim q cheguei em SP... hoje postarei no blog! Amei a cartinha amiga, vc é muito especial... e pode ficar certa de que nossa amizade se consolidará sim, com toda certeza!!
Bjo enorme,

Mari

ameixa seca disse...

Eu tenho um irmão pintor, aqui em casa não há essa coisa de espaço adequado para quadros. Aqui é quadro por todo o lado, desde que exista espaço livre na parede :)
Esses cupcakes ficaram o máximo :)

Tânia Saj disse...

Que cupcakes mais delicados!
Sobrou algum, miga???
Ah, se tivesse me avisado antes, ia na Liberdade contigo..hehe
Beijinhossss

Laély disse...

Carol, só uma dúvida: quando acrescenta a gelatina dissolvida às claras em neve, não murcha tudo, ou vira uma sopa?!

Nani disse...

Excelentes dicas, os cupcakes estão divinais, bjs.

KEKA disse...

amiga!
que bom que estás bem e parabéns pelo sucesso do jantar!
estou doida p/ ver as fotos, pois estou pensando seriamente em entrar no ramo!!!
estou voltando essa semana p/ a blogosfera depois da minha ausencia básica por causa da festa do Caio!
saudades de ti!
ah! e que foto mais engraçada.
adorei a idéia!
vou fazer uma já e colocar na minha sala!!!
beijocas!!

BubbleDesign disse...

ótimas dicas!!!
parabens pelo blog.
abs

Débora Pusebon disse...

oi carol!! brigada pela visita! achei seu blog super divertido!! e esses cupcakes... hmmm..... gde bjo!!

inspirações da Jô disse...

Eu também não entendo nada de obras de arte, mas admiro algumas!!!Muito legal as dicas dos quadros, ainda mais pra mim que não estou de mudança mas que cheguei de mudança(já faz um tempo), mas ainda estou arrumando uma coisa aqui e outra lá, mudando aqui e ali, enfim se adequando aos espaços, e como adoro quadros, essas dicas foram muito proveitosas!!!Agora mudando da arte da decoração para a arte da cozinha, esse cupcake formigueiro ficou um primor!!!!Esplêndido!!!!
Beijos e até mais!!!!

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Ai, adorei as dicas dos quadros...e a receita muito boa tbem...

desculpe-me pelo sumiço... hehehehe...espero que esteja bem ...

Bjsssssssssssssss

Mary disse...

Que queques super fofos! A cobertura é super gulosa e o interior parece que tem mesmo formiguinhas, mas das saborosas! hehehe:)

angela disse...

adorei ler este post! e os cup cakes ficaram lindos demais! bjs

Verena disse...

Carol,
esses cupcakes devem ser divinos! Adorei a decoração, simples e apetitosa! O The Cookie Shop é muito bom mesmo!!!
Um beijo e parabéns!

Bárbara disse...

Amei as dicas dos quadros, to pensando em comprar um, e logo, hehehe...
Passando pra falar que amo passar aqui, se não comento, é só a pressa, mas sempre entro...
Bjs
:)

Sylvia disse...

Eu gosto uito de arte, até teve uma epoca que arrisquei e ap'os um evento traumatico, nunca mais pude pegar num pincel, acredita, achei na foto uma vazao para isso. Mas se tem uma coisa que tenho dificuldadeas e pendurar um quadro ou muiytos, nao tenho ideia, adorei as dicas . E AMEI!!! a foto da reprucao da ultima ceia , ficou D+. Os cupcake maravilhosos. Adorei este seu post

leonor de sousa bastos disse...

Por acaso já tive o prazer de visitar o museu do Louvre e gostei imenso!
Tanto em minha casa, como em casa do Miguel, há mais quadros que parede e por isso essas dicas nunca poderiam funcionar...apesar de tudo, achei piada a lê-las!

Já tinha visto esses cupcakes formigueiros e também os achei com muito bom aspecto!
Os seus ficaram lindos!!!

Beijo!

Mari disse...

Ei, Oliver! Que cupcakes mais belos! Agora gostei mesmo foi da santa Ceia. Beijos, M. Bourdain.

Luciana Chocolate em Pó disse...

Carol adore i post, e o bolinho....hummmmm....sobrou um pedacinho por ai???

beijos
Lu

Cucchiaio pieno disse...

Amo o Museu do Louvre, é maravilhoso! Adorei todas as tuas dicas - justo ontem comprei um quadro novo para meu quarto! Um grande abraço
Léia

Bárbara disse...

Carol.. um heim !1
Oh ontem fiz uns.. mas tô sem maquina..
Mas fiz com outra receita.. lá do rainhas.. uma bem fácil..
ficou bom tbm !!

bjoss

bom findyy

Marta Fernandes disse...

Olá Cerejinha! Eu sou a Marta e gostei muito dos teus cupcakes formigueiro. Eu costumo fazer um bolo formiga! Beijocas e bom Fim-de-semana. Gostei do teu blog!

Iliane disse...

adorei a materia dos quadros..muito interessante!amei mais ainda seus cupcakes!!ficaram linods...bjus

Nana disse...

Querida, que fofo esses cupcakes, eu não sumi não, até deixei postado no blog, fui promovida e não estou tendo tempo para mtas coisas, mas eu sempre passo aqui e leio.
Bjs

Paula Pacheco disse...

Menina...cada blog legal na blogosfera....amei o seu...muito chiquetoso e cheio de idéias, informações, do jeito que eu gosto...as receitas bem gostosas...e estes quadros que arte não??? Parabens. Te convido para visitar o meu blog tb. Gostei tanto que já te adicionei aos meus favoritos rs...
bjs,
Paula

Luciana disse...

Amei teus cupcakes, e achei super interessante a cobertura, não conhecia. Ficaram lindos.
Bjos, Lú.

Nereime disse...

Hum...que delicinha!!!!Bem legal essa cobertura a base de gelatina ...acho que dá para rechear bolo com ela!
Adorei os versos que a "Ameixa" te escreveu, é tão talentosa essa menina!!!
bjos mil

Claudia Rumi disse...

Carol, achei divertida a foto da ultima ceia. Louvree terá um lugar especial para essa foto. Tive oportunidade de conhecer e digo que não precisa ser madame.O lugar é enooooorme. Fui na baixa temporada e é vazio,tranquilo.Qto aos cupcakes, adoro cupcakes!!!!!
Bj claudia